DCI (SP)

  • 0

DCI (SP)

Category : Notícias

Com captações, empresas ampliam acesso a novos recursos:

O acesso das empresas brasileiras ao mercado de capitais segue dando mostras de retomada ao longo deste ano, ainda que permaneça abaixo dos volumes registrados em 2015.

É o que aponta o Boletim de Mercado de Capitais divulgado ontem pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Em outubro, as captações alcançaram R$ 4,8 bilhões. As operações foram lideradas por debêntures, com 67,2% de todo o volume captado, equivalente a R$ 3,2 bilhões.

No período, foram realizadas algumas operações de grande porte, como a oferta da AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia, que movimentou R$ 1,1 bilhão; a operação da CPFLEnergia, de R$ 620 milhões, ambas distribuídas por meio da ICVM 476 (destinadas a número limitado de investidores); e a captação do Terminal de Contêineres de Paranaguá, distribuída a todo tipo de investidor, com volume total de R$ 607,5 milhões.

Indústria de fundos

A captação líquida da indústria de fundos no mercado doméstico alcançou R$ 1,2 bilhão em outubro deste ano, revertendo o resultado negativo observado no mês anterior.

Com esse desempenho, a indústria acumula captação líquida de R$ 80,5 bilhões, o maior resultado para o período desde 2012, também de acordo com a ANBIMA.

Os ingressos foram liderados pelas categorias Renda Fixa (R$ 6,6 bilhões) e Previdência (R$ 3,0 bilhões) /Agências


Leave a Reply