Correio Braziliense

  • 0

Correio Braziliense

Category : Uncategorized

IPCA-15 fica em 0,54%:

A inflação está perdendo fôlego a passos largos. Em fevereiro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) – considerado como a prévia do custo de vida oficial – subiu 0,54%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado foi superior ao de janeiro, de 0,31%, mas apenas por um efeito sazonal, provocado pelo aumento de gastos com educação. A taxa de fevereiro foi a menor para o mês desde 2012. Com isso, a variação acumulada em 12 meses caiu para 5,02%.

Para analistas, a inflação converge para o centro da meta determinada para 2017, de 4,5%, o que abre espaço para uma redução até maior da Selic na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), de 1 ponto percentual.

O IPCA-15 de fevereiro ficou dentro das expectativas do mercado, que esperava um resultado entre 0,28% e 0,58%, embora acima da mediana, de 0,49%. Nada, porém, que preocupe, garantiu o economista sênior da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Fábio Bentes. “Não há choques relevantes que possam alterar o curso de arrefecimento dos preços”, avaliou. Para ele, nem o esperado reajuste de 7,17% nas tarifas de energia elétrica deve mudar o quadro.

A aposentada Maria Diva Gomes Veras, 71 anos, admite que o valor dos legumes e verduras está mais baixo, mas reclama que os desembolsos com grãos e cereais comprometem o orçamento. “Ainda parece que tudo está caro. Mas, em relação ao ano passado, realmente os preços estão menores”, avaliou.


Leave a Reply