DCI (SP)

  • 0

DCI (SP)

Category : Notícias

EDP espera ter mais presença em leilão de transmissão:

A EDP espera ter maior participação no próximo leilão de transmissão de energia, previsto para abril. A companhia estreou no segmento de transmissão arrematando um lote de 113 quilômetros na 2ª etapa do Leilão 013/2015, realizado em outubro de 2016.
“Para nós, a transmissão é um segmento prioritário e temos as competências necessárias, a rentabilidade é interessante e a competição ainda aceitável”, afirmou o diretor-presidente da EDP, Miguel Setas, em coletiva com jornalistas ontem.

Na avaliação dele, transmissão tem oportunidades “óbvias”, pela falta de investimentos na área. A geração solar distribuída também está entre as apostas, mas para o longo prazo. Em geração hidrelétrica, Setas não descarta novos projetos, mas lembrou que prefere investir em obras novas, cuja possibilidade de ganho de produtividade é maior.

Em distribuição, a EDP deve manter os investimentos para melhorar a qualidade do serviço, enquanto continua enfrentando a pressão da migração de clientes para o mercado livre. “Nosso mercado não cresceu [em 2016] e sabemos que a economia afeta a distribuição, mas continuamos apostando na qualidade da rede e não ficamos assustados com a situação atual [da demanda], porque acreditamos que será invertida”, disse o diretor vice-presidente financeiro da EDP, Henrique Freire.

No último ano, a companhia investiu R$ 481 milhões em distribuição, valor 50,4% acima do registrado em 2015. Ao todo, os investimentos da EDP avançaram 18% no último ano, totalizando R$ 1,15 bilhão.

A receita líquida da elétrica no ano somou R$ 8,88 bilhões ante R$ 9,94 bilhões registrados um ano antes. O lucro líquido caiu de R$ 1,27 bilhão para R$ 667 milhões. Já o lucro antes de juros, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 2,30 bilhões, abaixo dos R$ 2,96 bilhões em 2015.


Leave a Reply