Valor Econômico

  • 0

Valor Econômico

Category : Notícias

AES Tietê I:

A geradora de energia AES Tietê deve assinar nos próximos dias o contrato para compra do complexo eólico Alto Sertão II, da Renova, segundo o presidente da AES Brasil, Julian Nebreda. As duas companhias anunciaram em janeiro um acordo de negociação exclusiva sobre o ativo, avaliado em R$ 650 milhões. A aquisição é um passo importante na estratégia da companhia de ter, até 2020, metade do seu Ebitda a partir de fontes não hídricas, com contratos de longo prazo no mercado regulado. Segundo Nebreda e o presidente da AES Tietê, Ítalo Freitas, diante da nova prioridade da empresa pela expansão por meio de eólicas e solares, novas aquisições podem acontecer ainda neste ano.

AES Tietê II

A AES Tietê tenta no momento viabilizar uma emissão de debêntures de R$ 1 bilhão, aprovada pelo seu conselho de administração no fim de março, cujos recursos deverão ser utilizados para melhorar o perfil de endividamento. Julian Nebreda, presidente do grupo AES no Brasil, se diz otimista quanto ao novo momento do mercado de capitais brasileiro. “Percebo uma melhora na liquidez do mercado, tanto na renda fixa, como na variável”, afirma o venezuelano. “As medidas do governo estão se refletindo em melhores condições, que criam oportunidades para fazer coisas que antes estavam difíceis”, acrescenta.


Leave a Reply