Folha de S. Paulo

  • 0

Folha de S. Paulo

Category : Notícias

Turbinas cearenses (Mercado Aberto – Maria Cristina Frias):

O Ceará tem 80 GW de potencial eólico não utilizado, de acordo com estudo da Vestas, fabricante do setor.

Desse total, 19 GW seriam produzidos com ventos acima de 8,5 metros por segundo, a faixa tida como mais rentável, diz Rogério Zampronha, presidente da companhia no Brasil.

“[Caso fosse aproveitada]A capacidade instalada no Ceará nesse segmento representaria 80% a mais do que nossa situação atual. Hoje, são gerados 11 GW de energia eólica no país”, afirma.

“É evidente que existem outros locais com áreas igualmente promissoras, como Piauí, Maranhão, Rio Grande do Norte e Bahia.”

A exploração da faixa mais atrativa demandaria um investimento de R$ 91,2 bilhões, segundo cálculos baseados no último leilão do setor, diz Joaquim Rolim, da Fiec (Federação das Indústrias do Estado do Ceará).

“Para que esse potencial se concretize, uma série de variáveis são necessárias, como novos leilões de energia e redes de transmissão.”


Leave a Reply